Lea en Español | Read in English

A cada inverno, a World Futsal Cup traz times e atletas de todo o mundo até a cidade de Blanes, na costa da Espanha. Neste ano, o torneio contará com uma nova equipe da Colômbia, a qual será a primeira a representar o país no torneio. Seu nome é Futsal City Atlas. Desde 2016, o clube ganhou títulos impressionantes em Brasil, Paraguai e Inglaterra.

Em 2015, a equipe foi fundada para representar Bogotá em um torneio nacional. Após essa competição, o Futsal City Atlas competiu em um campeonato no Brasil em 2016 e, ao conquistar o título, passou a fazer parte da seleção colombiana.

Na temporada passada, o time levou seus talentos para o Paraguai, onde ganharam o título mundial.

Este ano, jogaram um torneio internacional da Gatorade em Londres. Após vencer Espanha, México, Itália e França, derrotaram El Salvador e conquistaram a taça, ganhando assim uma viagem para Cardiff, onde assistiram a final da Liga dos Campeões entre Real Madrid e Juventus.

Agora, o foco da equipe é a World Futsal Cup VI e o treinador David Jiménez conhece os desafios que o time terá que enfrentar, já que irão duelar com times de grande experiência. Mas seus jogadores estão prontos.

“Estamos treinando quatro dias por semana e competindo em torneios da liga de Bogotá nos finais de semana”, afirmou Jiménez. “Os jogadores sabem que enfrentarão os melhores do mundo e isso os deixa muito motivados.”

Princípios ganhadores

O Futsal City Atlas tem dois princípios não negociáveis que passam sempre para os jogadores: esforço perfeito e disciplina tática. Isso serve para que os atletas se recordem porque estão treinando quando as coisas estão difíceis ou quando estão cansados.

“Esforço perfeito é um dos princípios do clube. Trata de recordar aos jogadores o sacrifício que têm que fazer para ganhar, como levantar cedo, fazer a lição de casa e vir para treinar quando estão cansados,” disse Jiménez.

A qualidade do time e sua paixão para ganhar foram notadas pela Universidade Sergio Arboleda e, juntos, estabeleceram uma parceria que irá beneficiar a universidade e os jogadores.

Como parte do acordo, a equipe representará a universidade na World Futsal Cup VI e os jogadores terão uma bolsa de estudos para defender a Sergio Arboleda em outros torneios.

Os títulos, os campeonatos internacionais e a união com a universidade são provas do êxito do Futsal City Atlas. Quando perguntamos ao treinador Jiménez como fizeram tudo isso, ele explica que começou com um sonho.

“Devemos sonhar, mas também devemos trabalhar para realizar estes sonhos. Quando começamos, era um sonho para nós representar nossa cidade. Sonhamos, trabalhamos e conseguimos. Muita gente disse que não chegaríamos até aqui, mas com este esforço que todos nós colocamos tivemos sucesso”, concluiu o treinador.

O Futsal City Atlas fez história na Colômbia e está somente começando. Veremos eles provarem a si mesmo na World Futsal Cup VI.