Lições para aprender com Corinthians x Marreco

Read in English

Como o Corinthians está usando o futsal como uma alternativa para a formação de jogadores

 

Em outubro, o Corinthians Futsal jogou contra o Marreco Futsal numa partida eletrizante. O jogo aconteceu no Ginásio Poliesportivo Wlamir Marques, em São Paulo (Brasil). Com uma capacidade para aproximadamente 6.500 torcedores, milhãres de fãs lotaram suas arquibancadas.

 

Os fãs chegaram três horas antes do jogo, ansiosos pela partida. Enquanto os grandes portões ainda estavam fechados, reuniram-se do lado de foram, conversando sobre suas expectativas para a noite. O Corinthians havia perdido o jogo de ida da quarta de final para o Marreco em Francisco Beltrão, a cidade natal do oponente. Ele não deixaria o Marreco ir às semifinais facilmente.

 

Os torcedores estavam cheios de emoção. Como a partida era no clube do Corinthians, a maioria vestia camisetas do time. Eles falavam não apenas sobre futsal, mas de outros esportes em que o Corinthians está presente. Também havia alguns fãs do Marreco esperando os portões serem abertos. O jantar da noite foram cachorros-quentes e batatas fritas, que eram vendidos nas barracas em frente ao ginásio.

 

Depois que os portões foram abertos, o público se acomodou nas arquibancadas. As pessoas estavam realmente ansiosas para o início da partida. Fãs cantavam as músicas de seus times, crianças corriam ao redor da quadra, pais iam à cantina  para comprar coxinhas (uma comida popular no Brasil feita de carne de frango fatiada, coberta de massa e frita), esfihas (um prato em formato de pizza originário do Líbano e comum no Brasil, normalmente aberto com vários recheios como queijo, carne e vegetais) e outros salgadinhos.

 

Matheus, fã de 12 anos de idade, é um grande torcedor do Corinthians e já compareceu a vários jogos. Sua opinião sobre a partida era positiva. “Esse é um jogo difícil para o Corinthians, mas os atletas estão jogando muito bem. Eu espero que o Corinthians ganhe essa noite”.

 

Matheus representava o desejo de centenas de fãs ao redor da quadra.

 

Quando os jogadores entraram em quadra para aquecerem, os fãs estavam fascinados e você poderia ver o brilho no olhar das crianças. O time do Corinthians tenta aproximar os jovens dos atletas profissionais. Os jogadores entram definitivamente em quadra acompanhados pelas crianças do clube, de mãos dadas.

 

Os atletas não se importavam em parar por alguns segundos para tirarem fotos com os torcedores que os admiravam por trás das redes. Durante o intervalo da partida, alguns jovens jogadores foram chamados para baterem uma série de pênaltis e se sentirem como os profissionais da noite.

 

O Corinthians faz isso por uma razão específica. De acordo com Edson Sesma, diretor de futsal do clube, o esporte é uma ferramenta para uma criança ou um jovem melhorar suas habilidades, movimentos, autoconhecimento e dinamismo.

 

“Pensamento rápido, tomar varias ações e muito contato com a bola são três conceitos presentes no futsal que são muito importantes no crescimento de uma criança”, reflete Sesma.

 

No fim da noite, o Marreco eliminou o Corinthians da Liga Nacional de Futsal. O resultado foi Corinthians 4 (0) x (1) 3 Marreco. Embora o Marreco perderia em seguida nas semifinais para o Assoeva, foi uma partida repleta de emoções, ataques e contra-ataques em que os jogadores de ambos os times deram o seu melhor para divertir as pessoas a que os assistiam.

 

Os gols foram feitos por Matheus, Douglas Nunes e Douglas, para o Corinthians. Suelton, Emerson, Fabiano Assad e Barbosinha marcaram pelo Marreco.

 

Vander Carioca, pivô do Corinthians Futsal, tem hoje 41 anos de idade. Ele começou a praticar futsal aos sete. São mais de 30 anos do esporte. Para ele, o futsal é um novo tipo de educação, fora das salas de aula. “É uma vida de futsal, um esporte que me deu tudo”, disse Carioca.

 

Esse é o objetivo do Club Corinthians e da USA Futsal.

 

Independente do resultado da partida, o time de futsal do Corinthians está cada vez mais preparado para o mundo desse esporte. Possui dez times masculinos e outros quatro femininos. Como Sesma diz,  “não é mais apenas uma modalidade, é um grande projeto esportivo”.

 

O Corinthians, como organização, tenta unir os esportes praticados dentro do clube e também integrar os jogadores mirins, os atletas profissionais e os torcedores. Seu estilo de jogo é muito bem recebido por outras equipes, principalmente pelos fãs de futsal.

 

O futsal é um dos esportes que está conquistando o mundo. Pode ser praticado em pequenos lugares, como quadras indoor, e é atrativo e apelativo para qualquer idade. No Brasil, as pessoas acompanham o futsal por gostarem de futebol. Em um país mono esportivo tal qual o Brasil, ter uma modalidade similar no jeito que se joga futebol é muito importante, dando voz a esportes que recebem menos atenção do público e da mídia convencional.

 

“O futsal se destaca comercial e esportivamente”, Sesma afirma. “Comercialmente por causa da maneira que um jogo atrai todas os tipos de audiência e esportivamente porque é um grande parceiro no preparo de atletas para o futebol”.

 

O esporte é muito importante para os jovens estabelecerem e desenvolverem habilidades para trabalhar em equipe e pensar mais rápido.

 

Os jogadores do Corinthians são um exemplo desse desenvolvimento. Apesar da derrota, eles irão manter suas cabeçaserguidas e mostrar todo o seu potencial nas próximas partidas e campeonatos.


Lessons to be learned from Corinthians x Marreco

Leia em português

How Corinthians is using futsal as a stepping stone in player development

This October, Corinthians Futsal played against Marreco Futsal in an electrifying game. The game took place in the Ginasio Poliesportivo Wlamir Marques, in Sao Paulo (Brazil). With a venue capacity for approximately 6,500 supporters, thousands of fans crowded the stands.

Fans arrived three hours before the game, anxious for the match. While the big gates were still closed, people gathered outside, talking about their expectations for the game. Corinthians lost the last quarterfinal game against Marreco in Francisco Beltrao, Marreco’s city. Corinthians wouldn’t let Marreco go to the semifinals easily.

Fans were full of emotions. As the game was in the Corinthians club, most supporters outside wore the team's shirts. They talked not only about futsal, but also other sports that Corinthians is present. There were also some Marreco fans waiting for the gates to open. The dinner of the night was hotdogs and French fries sold in the stands in front of the gymnasium.

After the gates opened, the public settled on the bleachers. People were really excited for the beginning of the game. Fans sang the team’s songs, kids ran around the court, parents went to the cafeteria to buy coxinhas (a popular food in Brazil consisting of chopped chicken meat, covered in dough, battered and fried), esfihas (a pie-like dish originating from Lebanon and common in Brazil, normally open-faced with various toppings as cheese, beef and vegetables) and potato chips.

12-year-old fan Matheus is a great supporter of Corinthians and has attended many games.  His opinion about the match was positive, “This is a difficult game for Corinthians, but the athletes are playing very well. I hope Corinthians win this night.”

Matheus echoed the wish of hundreds of fans around the court.

When players entered the court to warm up, fans were fascinated and you could see the glint in the children’s eyes. The Corinthians team really tries to get the kids closer to professional athletes. Players enter the court definitely for the game accompanied by the children of the club, holding hands.

The professional athletes did not mind stopping for a few seconds to take pictures with the fans who admired them behind the net. During the interval of the match, some young players were called to make a penalty shoot-out and feel like the professional ones of the night.

Corinthians does this for a very specific reason. According to Edson Sesma, futsal manager for Corinthians, the sport is a tool for a child or youth improve their abilities, movements, self-knowledge and dynamism.

“Quick thinking, taking several actions and a lot of contact with the ball are three concepts present in futsal that are very important in the growth of the child,” Sesma reflects.

At the end of the night, Marreco eliminated Corinthians from Liga Nacional de Futsal. The result was Corinthians 4 (0) x (1) 3 Marreco. Although Marreco would still lose in the semifinals for Assoeva, it was a game full of emotions, attacks and counterattacks that players from both teams did their best to amuse people watching them.

Goals were scored by Matheus, Douglas Nunes and Douglas, for Corinthians. Suelton, Emerson, Fabiano Assad and Barbosinha scored for Marreco.

Vander Carioca, Corinthians Futsal pivot, is now 41 years old. He started playing futsal with the age of 7. It is more than 30 years of futsal. For him, futsal is a new type of education, outside classrooms. “It’s a life of futsal, a sport that gave me everything”, said Carioca.

This is the objective of Corinthians Club and USA Futsal.

Regardless the outcome of the match, Corinthians' Futsal team is increasingly prepared for the futsal world. They have ten male teams and four female teams and as Sesma says, “it is no longer just a modality, but a great sports project.”

Corinthians as an organization tries to integrate the sports practiced inside the club and also the junior players, professional athletes and fans. Their style of play is very well received by other teams, especially futsal fans.

Futsal is one of the sports that is conquering the world. It can be practiced in small places, such as indoor courts, and it is attractive and feasible for any age. In Brazil, futsal is accompanied by people who like soccer a lot. In a country that is mono-sport, having a sport that is very similar in the way that football is played is very important in order to give more voice to sports that receive less attention from the public and the mainstream media.

“Futsal stands out both commercially and sportily,” Sesma affirms. “Commercially because of the way a game attracts all audiences and sportily because it is a great partner in the training of athletes for football”.

Futsal is especially important at the youth level to establish and develop co-working skills and quick thinking.

Corinthians' players are a prime example of this development. Despite the defeat,  players will keep their heads up and bring their best to their next matches and championships.


Santos, the home of Neymar and Pelé, will show off their future stars in World Futsal Cup VI

Leia em português | Lea en español

The world knows Santos as the first team that Pelé and Neymar played for. With their long history and titles, they count on fans all over the world.

Neymar, Robinho and other stars in Santos' history have another thing in common: they started their career playing futsal. The team is known for giving opportunities to young players and has a futsal academy that generates impressive players for the soccer club.

Part of this futsal academy will come to Spain in December to compete in World Futsal Cup VI, one of the most prestigious youth tournaments in the world.
Last year they showed great skill and were crowned champions of the Benjamin category with four games, four victories, 33 goals scored and just three goals suffered. The Brazilian club also had the best goalkeeper (João Paulo Oliveira) and MVP (Caio Gomes) of last edition's tournament.
“Santos impressed everyone with their performance last year. They competed in the youngest age group but their level of play was far beyond their years,” said Doug Reed, tournament director.
This year, fans in Spain expect another great performance from Santos. We are sure they will not disappoint.

Casa de Neymar e Pelé, Santos mostrará suas futuras estrelas na World Futsal Cup VI

Read in English | Lea en español

Santos foi o primeiro time de Pelé e Neymar. Por isso, e também claro por conta dos títulos importantes que conquistou, dentro e fora do Brasil, a equipe é conhecida por fãs de futebol do mundo inteiro.

Neymar, Robinho e outras estrelas que surgiram no Santos têm outra coisa em comum: eles começaram a carreira no futsal. O time que é conhecido por dar oportunidades a jovens jogadores tem uma academia de futsal que produz atletas para a equipe de futebol.

Parte dessa academia irá à Espanha em dezembro para competir na World Futsa Cup VI, torneio que tem alguns dos melhores clubes de futsal do mundo.

No ano passado, eles tiveram um grande desempenho na categoria Benjamin com quarto jogos, quarto vitórias, 33 gols marcados e apenas três sofridos. O clube brasileiro teve o melhor goleiro (João Paulo Oliveira) e o MVP (Caio Gomes) da última edição.

“O Santos impressionou todo o mundo com sua performance no ano passado. Eles competiram na faixa etária mais jovem, mas o nível do jogo foi muito além do esperado para a idade deles,” disse Doug Reed, Diretor da World Futsal Cup.

Além de Neymar e Robinho, Santos já teve também Falcão, maior jogador de futsal de todos os tempos, campeão nacional pelo clube em 2011. Quem será a próxima estrela? Provavelmente ele estará na Espanha, brilhando na World Futsal Cup VI.


Santos, el club de Neymar y Pelé, lucirá a sus futuras estrellas en el World Futsal Cup VI

Read in English | Leia em português

El mundo conoce a Santos como el primer equipo en el que jugaron Pelé y Neymar. Con su gran historia y títulos, cuentan con fanáticos por todo el mundo.

Neymar, Robinho y otras estrellas en la historia de Santos tienen otra cosa en común: comenzaron su carrera jugando fútbol sala. El equipo es conocido por dar oportunidades a jugadores jóvenes y tiene una academia de fútbol sala que genera jugadores impresionantes para el club de fútbol.

Parte de esta academia de fútbol sala vendrá a España en Diciembre para competir en el World Futsal Cup VI, uno de los torneos juveniles más prestigiosos del mundo.

El año pasado mostraron una gran habilidad y fueron campeones de la categoría Benjamín con cuatro juegos, cuatro victorias, 33 goles marcados y solo tres goles sufridos. El club brasileño también contó con el mejor portero (João Paulo Oliveira) y el MVP (Caio Gomes) del torneo.

"Santos impresionó a todos con su desempeño el año pasado. Compitieron en el grupo de edad más joven, pero su nivel de juego fue mucho más allá de sus años," dijo Doug Reed, director del torneo.

Este año, los fanáticos en España esperan otra gran record de Santos. Estamos seguros de que no decepcionarán sus estrellas.


Futsal Dinamo

Futsal Dinamo representará a Croácia na World Futsal Cup VI

Em 2012, a UEFA Futsal EURO (Campeonato Europeu) aconteceu na Croácia. No mesmo ano, foi criado o time Futsal Dinamo. Desde então, os treinadores e os jogadores lançaram as bases para um clube cujos fãs e membros possuem e coordenam suas operações. Para falar sobre esse interessante modelo, sentamos com Joraj Cosic, diretor do Futsal Dinamo.

Em uma entrevista aberta, conversamos sobre os jogadores que ele está trazendo para a World Futsal Cup VI, seu sonho para o clube e como eles estão se preparando para o que será seu maior torneio até hoje.

USA Futsal: Imagino que você tenha sessões de treinamento muito disciplinadas. Qual o seu segredo para se preparar para a World Futsal Cup VI em dezembro?

Cosic: Temos uma abordagem séria para esta competição. Teremos uma série de torneios dentro do time para obter a melhor seleção possível de jovens jogadores para representar o nosso clube em Barcelona. Nossa expectativa é que o torneio será competitivo e com muitos estilos diferentes de jogo do mundo inteiro. Estamos entusiasmados em fazer parte disso e ansiosos para o início do torneio.

USA Futsal: Pelo que vimos, seus jogadores estão bem colocados para o torneio. Você treinou com equipes internacionais?

Cosic: Sim, jogamos em um torneio na Croácia, com equipes de cinco países diferentes. Foi uma ótima experiência para jogadores e preparadores, mas a World Futsal Cup VI é uma história totalmente diferente. Nosso clube terá seu próprio torneio internacional para as categorias sub-17 e sub-19 em dezembro. É uma ótima maneira de estabelecer novas amizades e parcerias.

USA Futsal: O que você espera que seus jogadores ganhem com essa experiência?

Cosic: Uma vez que esta é a nossa primeira participação nesse torneio, nos esforçaremos para ter o maior proveito possível, mas deixar esses jovens jogadores se divertirem, jogar futsal e reunir experiências para suas futuras carreiras é o resultado mais importante que esperamos obter desse torneio. Não há dúvidas de que nossos jovens vão sair como jogadores e pessoas melhores depois que esse campeonato terminar.

USA Futsal: Sem dúvida. Eles vão encontrar muitas equipes e enfrentarão diferentes estilos de jogo dos melhores times jovens. Mas me fale, como técnico, qual será (ou qual foi) a maior conquista do seu clube?

Cosic: Algumas das nossas realizações mais notáveis ​​são a ascensão para a primeira divisão alguns anos atrás e a nossa participação em todos os jogos da temporada desde então. Eu acho que o melhor ainda está por vir e estou confiante de que estamos no caminho certo. Estamos nos aproximando do título todos os anos e conquistá-lo será nosso maior progresso até agora. É o que devemos aos nossos incríveis fãs e a nós mesmos. Também gostaria de destacar a nossa abordagem aberta com os fãs e nossos membros. Queremos que todos eles se sintam como parte da comunidade e da família Dinamo. Eu acho que nossos fortes princípios são a nossa maior conquista.

USA Futsal: Você mencionou que você está selecionando os melhores jogadores do seu clube para o torneio. O que você pode contar aos nossos leitores sobre eles?

Cosic: Só posso prometer que representarão o nosso estilo de jogo que é nossa marca registrada e que darão o seu melhor para promover o nosso clube nesta grande competição internacional.


Futsal Dinamo to represent Croatia in World Futsal Cup VI

Leia em Português | Lea en Español

In 2012, Croatia hosted the UEFA Futsal EURO (European Championships). That same year, Futsal Dinamo was created. Since then, coaches and players have laid the foundation for a club whose fans and members own and run operations. To talk about this interesting model, we sat down with Joraj Cosic, director of Futsal Dinamo. In a candid interview, we talked about the players he’s bringing to World Futsal Cup VI, his dream for the club and how he’s preparing his players for what will be their biggest tournament yet.
USA Futsal: What should our readers know about you?

Cosic: Futsal Dinamo was founded in 2012. It competed with limited success in Croatian second futsal division, but in spring of 2014, the club took-off properly when Bad Blue Boys, the Zagreb-based supporter group of NK Dinamo, got involved in the club. Since then we secured a comfortable promotion to the top tier and have been competing for the title.

USA Futsal: How are you different from other futsal clubs?

Cosic: We are a fan-owned club that functions on 'one member – one vote' principle. Every member of the club is its owner and has a possibility to vote and steer the club in the direction in which majority of fans wants to see the club moving. Since the Bad Blue Boys were repressed out from our stadium, the idea was to gather all Dinamo fans around our futsal club so that the tradition of supporting Dinamo survives through our futsal club.

USA Futsal: That’s an interesting model. Why choose to be a fan-governed club?

Cosic: Our mission is to represent our name and colours wherever we play and to promote fan-owned governance as an ideal and long-term success model of sports club governance. We believe that club is above all individuals when it is run by its fans/members and that no individual can hold exclusive rights on Dinamo because fans are the club.

USA Futsal: Croatia made its debut in the World Cup in ’94, how has the futsal landscape in the country helped to define the club and its goals?

Cosic: Compared to some other countries it is safe to say that futsal is very competitive in Croatia. There are many very talented players that emerge every year and it is very interesting to follow the development of these young players. Professional futsal is still in its infancy since not all clubs can afford all the expenses of professionalism. However, we have put ourselves in the mix and through innovations and high level of competitiveness, we strive to move everybody towards more a professional approach. Luckily, others will follow and we will be able to better position Croatia on a European and World futsal map. Talent is here, we just have to utilize it.

USA Futsal: I imagine you have very regimented training sessions, what is your secret to preparing for World Futsal Cup VI this December?

Cosic: We have a serious approach to this Cup. We will hold a number of intra-squad tournaments to get the best possible selection of young players to represent our club in Barcelona. Our expectations are that the tournament will be a competitive one with many different playing styles from around the world. We are excited to be part of it and really looking forward to the start of the tournament.

USA Futsal: From what we’ve seen, your players are in a good spot for the tournament; have you trained with international teams?

Cosic: Yes, we played in one tournament in Croatia, with teams from five different countries. It was a great experience for players and staff, but the World Futsal Cup VI is totally different story. Our Club will have our own international tournament for U17 and U19 category in December. Its great way to make a new friendship and partners.

USA Futsal: What do you hope your players get out of this experience?

Cosic: Since this is our first appearance on such tournament, we will strive to take as many positives as possible, but letting these young players enjoy themselves, play futsal and gather experience for their future career is the most important thing that we expect to get from this tournament. There is no doubt that our young players will come out as better players and people after this tournament is finished.

USA Futsal: No doubt. They will meet many teams and get exposure to different styles of play from the best youth teams. But tell me, as a coach, what will be (or what has been) your club’s greatest achievement?

Cosic:  Some of our most notable achievements are a dominant promotion to the top tier a few years back and our participation in every season playoffs since then. I think the best is yet to come and I am confident that we are on a correct path. We are getting closer to the title every year and clinching that one will be our best achievement so far. It is what we owe to our fantastic fans and ourselves. I would also highlight our open approach to the fans and our members. We want all our fans and members to feel as a part of the community and Dinamo family. I think that our strong foundations are our best achievement.

USA Futsal: You mentioned you’re selecting the best players from your club for the tournament, anything you can tell our readers about them?

Cosic: I can only promise you that they will represent our trademark attacking style of play and that they will give their best to promote our club in best possible fashion on this big international scene.


Unindo família e esporte: pai funda Hyper Futsal para passar legado do esporte para seu filho

Read in English | Lea en español

Ex-jogador profissional, Wilson Matos vive em Washington desde 1997. Contudo, sua paixão pelo futsal nunca diminuiu, e quando viu que não havia clubes na sua área, criou o Hyper D.C em 2014. Sua ideia é transmitir seu amor pelo esporte para seu filho.

“O futsal está se popularizando em D.C. Depois dos resultados que o clube teve durante os últimos três anos em torneios locais, regionais e nacionais, mais jogadores da academia estão se inscrevendo em nosso programa de futsal,” afirmou Matos.

Dizer que os resultados são bons é humildade de Matos, já que os resultados são impressionantes.

Eles foram finalistas de todos os principais torneios de futsal que jogaram nos Estados Unidos a nível regional e nacional. No ano passado, ganharam a categoria Benjamin da World Futsal Championships com cinco vitórias em cinco jogos. Na categoria Alevin, tiveram três vitórias e duas derrotas.

Em 2018, o Hyper DC planeja viajar ao Brasil, onde os jogadores terão treinamentos com o Pulo do Gato, clube da cidade de Campinas.

Se provando na Espanha

Os mesmos jogadores que ganharam os torneios dos Estados Unidos vão à Espanha em Dezembro para provar-se na World Futsal Cup VI. Matos sabe que os oponentes são muito fortes, mas está seguro que seus jogadores vão impressionar na Europa.

“Todos nossos jogadores são atletas da USSDA, e portanto treinam no nível mais alto, três vezes por semana no futebol e duas vezes por semana no futsal,” disse o treinador. “Sou consciente do jogo que enfrentaremos na Espanha, mas estamos preparados para competir com qualquer equipe.”


Mezclando la familia y el deporte: Hyper Futsal fundado por padre para pasar su amor por el deporte al hijo

Read in English | Leia em Português

El ex jugador profesional, Wilson Matos ha vivido en Washington D.C. desde 1997; Sin embargo, su pasión por el fútbol sala nunca disminuyó, y cuando vio que no había clubes en el área, creó Hyper DC en 2014. Su esperanza es transmitirle su  amor por el deporte para su hijo.

"El fútbol sala en D.C. se está popularizando. Después de los resultados que tuvo el club durante los últimos tres años en torneos locales, regionales y nacionales, más jugadores de la academia se están inscribiendo para nuestro programa de fútbol sala," dijo Matos.

Decir que sus resultados han sido excelentes es humilde de Matos, sus resultados han sido bastante impresionantes.

Han sido finalistas de todos los principales torneos de fútbol sala que jugaron en los Estados Unidos a nivel regional y nacional. El año pasado, ganaron la categoría Benjamin del World Futsal Championships con cinco victorias en cinco juegos. En la categoría Alevin ganaron tres victorias y tuvieron dos derrotas.

En 2018, DC Hyper planea viajar a Brasil donde los jugadores completarán sesiones de entrenamiento con Pulo do Gato, un club de la ciudad de Campinas.

Probándose en España

Los mismos jugadores que ganaron los torneos de los Estados Unidos van a ir a España este Diciembre para probarse en el World Futsal Cup VI. Matos sabe que los oponentes de su jugadores son muy fuertes, pero está seguro de que sus jugadores impresionarán a la multitud en Europa.

"Todos nuestros jugadores son jugadores del USSDA por lo tanto, entrenan al nivel más alto al aire libre al menos tres veces por semana y pasan dos días de la semana entrenando fútbol sala con nosotros," dijo el entrenador. "Soy consciente del nivel de juego que enfrentaremos en España, así que nos estamos preparando para competir contra cualquier equipo."


Family and sports blending: DC Hyper founded by father to pass futsal legacy to son

Leia em Português | Lea en español

Former professional player, Wilson Matos has been living in Washington D.C. since 1997; However, his passion for futsal never diminished, and when he saw that there were no clubs in the area, he created DC  Hyper in 2014. His hope is to pass on his love of the sport to his son.

“Futsal in D.C. is getting popular now. After great results from the club over the last three years in local, regional and national tournaments, more academy kids are signing up for our futsal program,” said Matos.

To say that their results have been great is humble of Matos--their results have been quite impressive.

They have been finalists of all the major futsal tournaments they played in the U.S. at the regional and national level. This past year, they won the Benjamin category of the 2017 World Futsal Championships with five victories in five games. In the Alevin category they had three victories and two defeats.

In 2018, DC  Hyper plans to travel to Brazil where players will complete training sessions with Pulo do Gato, a club from the city of Campinas.

Testing themselves in Spain

The same players that won the U.S. tournaments this year will go to Spain in December to test themselves at World Futsal Cup VI. Matos knows his player's opponents are mighty but he is confident that his young players will impress the crowd in Europe.

“All our players are USSDA players so they are all training at the highest level outdoors at least three times per week and they spend two days of the week training futsal with us,” said the coach. “I'm aware of the level of play we will be facing in Spain so we are getting ready to compete against any team.”